Feeds:
Posts
Comentários

Archive for maio \27\UTC 2006

O Nome dos Bois

Em reportagens na quinta e na sexta-feira, o Jornal Nacional comentou iniciativas de, por um dia, tirar impostos como protesto contra a alta carga tributária, que ocorreram no Rio Grande do Sul. Na quinta-feira, um posto de gasolina deixou de cobrar os impostos, fazendo com que o preço caísse para R$1,40 (para os moradores de São Paulo, o preço da gasolina no Rio Grande do Sul é quase três reais). Já na sexta-feira, a cidade de Lageado (ou Lageados, não lembro) teve quase todos os seus estabelecimentos fazendo isenção de impostos. O forno microondas caiu de R$300,00 para R$140,00, a geladeira de quase mil reais para R$470,00. Um Palio 0km foi vendido por pouco mais de 14 mil reais.

O que o Jornal Nacional não informou é que essas foram iniciativas do Instituto Liberdade, um famoso think tank liberal. Fazendo isso, esse veículo de mídia contribui ainda mais para o desconhecimento de e o preconceito contra as idéias liberais. Se foi intencional ou não, não faço idéia. De qualquer forma foi muito prejudicial para a democracia brasileira.

Obrigado por me ler e até mais.

Read Full Post »

Hugo Chávez é um ditador

Parabéns aos realizadores deste fantástico documentário: “Venezuela, una amenaza real”. É a prova que faltava para mostrar ao mundo que Hugo Chávez Frías é um ditador, idêntico a Fidel Castro. Controla votos, declara a guerra assimétrica, e impede o exercício da democracia. Não falo mais nada, veja este brilhante documentário nos seguintes links:

http://www.youtube.com/watch?v=0pX_i-f-VMs
http://www.youtube.com/watch?v=266sLRg6Lpo
http://www.youtube.com/watch?v=xJXCV9To8Ds
http://www.youtube.com/watch?v=moYJ1WJYlFs
http://www.youtube.com/watch?v=BhpaC8XGqug

Read Full Post »

A Ilha das Flores e aquela de Vera Cruz

A busca do Google que mais aparece nas minhas estatísticas é aquela por “Ilha das Flores”. Isso me deixa ao mesmo tempo feliz e triste. Triste porque centenas de professores mandam seus alunos incautos assistirem e/ou pesquisarem sobre esse filme, doutrinando-os no marxismo ateu rasteiro. Feliz porque, ao acessar meus escritos, esses garotos tomam contato com uma opinião diferente, e vêem que o materialismo é incoerente com a própria impressão que o filme quer causar. Aqueles tementes a Deus, chocam-se com o “Deus não existe”. Atento a isso, e sem perceber o mal que faz com esta atitude, o meu grande amigo Fernando Aires (o Che, para os desavisados), ao passar esse filme a católicos, corta a parte “Deus não existe”. Ao mesmo tempo que os protege contra a blasfêmia, tira-lhes a vacina. O mal, em doses homeopáticas, serve de vacina. O “Deus não existe” no começo do filme, deixa aqueles que amam a Deus prevenidos contra outras afirmações categóricas do filme.

Outro assunto: Alckmin tem intenções de votos semelhantes ao do NÃO antes do início da campanha eleitoral do plebiscito. Então é melhor os petistas não cantarem vitória antes do tempo. Contudo, ainda acho que Lula é que vai ganhar as eleições, e aí, a saída do Brasil será Cumbica, isso enquanto forem permitidos vôos internacionais. O fim desses vôos dar-se-á não de forma explicitamente tirânica, mas com a impossibilidade econômica do funcionamento das companhias aéreas. Veja a VARIG. Se puder sair do país, saia enquanto é tempo.

Obrigado por me ler e até mais

Read Full Post »

Guerra!

Todo mundo sabe o que está acontecendo em São Paulo. Estava lá hoje, no seminário internacional Democracia, Liberdade e o Império das Leis. Não podia ser em um momento mais irônico. Não há democracia, não temos liberdade nem de sair de casa, e as leis não valem nada.

O PCC decretou um toque de recolher às 20h. A lei agora é deles. Houve um boato que o metrô fecharia às 17h. Às 16h, hora geralmente tranqüila no metrô, eu vi a maior fila que jamais imaginara no metrô. Para passar na catraca! Cheguei em Campinas às 19h, e soube que os ônibus foram recolhidos. Por sorte, Barão Geraldo estava tranqüila e recolocaram os ônibus nas ruas, garantindo com que eu chegasse na minha casa. Às 20:15.

Nem no Iraque acontece isso. Os terroristas que estão escondidos dão ordens. O que estão presos, seja em Abu Ghraib, seja em Guantánamo, ficam isolados do resto do mundo.

A solução nem é tão complicada. A polícia sabe quem são os membros do PCC. Deve-se colocá-los em uma prisão militar, isolando-os, e usar os métodos necessários para que eles contem seus tentáculos. Eu sou contra tortura, mas a vida de 77 pessoas (agora já devem ser mais) vale mais que uma orelha, um braço ou um pênis de um dirigente do PCC. Dessa vez, por incrível que pareça, eu fico com o Lula. Devia estar o exército aqui em São Paulo. Ninguém seria mesquinho de usar isso de maneira eleitoral.
Deve-se começar agora, antes que seja mais tarde (pois tarde já é) uma guerra contra o crime organizado. Guerra de verdade, que inclui as políticas associadas. Derrubar cabeça a cabeça daqueles que não se curvem às leis democráticas. Declarar estado de sítio. Pedir ajuda internacional.

Agora vem os absurdos: a OAB disse que é ilegal pedir às operadoras as conversas entre os presos e os advogados; permitiu-se que doze mil presos, isso mesmo, 12.000, a população de uma cidade pequena, ficassem soltos no fim de semana do dia das mães. O Claudio Lembo, inepto governador de São Paulo, recusou ajuda do exército.

Eu hoje, realmente, me senti no Iraque. Só que no Iraque a guerra está declarada, falta declará-la aqui.

Obrigado por me ler e até mais.

Read Full Post »