Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘corrupção’ Category

De Evangélicos e Criminosos

Resolvi comentar notícias. Não páro. A minha nova iniciativa é esta: Fundadores da Renascer estão presos nos EUA, diz consulado, do Estadão. A notícia não é uma novidade, mas está em pauta há dois dias. Um casal de charlatães é preso lavando dinheiro nos EUA. Se eles fossem falsos médicos ou falsos advogados, a repercussão, aposto, seria muito menor, mas são outras coisas que eu quero comentar.

A primeira é o poder que as igrejas e seções pentecostais têm na restauração da vida das pessoas. Por exemplo, tirando as pessoas que já entram reabilitadas na cadeia (aquelas a quem a cadeia só serve de punição, como pessoas que cometem excessos dos quais se arrependem logo em seguida, pouco antes da lei mostrar sua força), as únicas que saem realmente reabilitadas são aquelas que se prendem a uma religião. No Brasil, geralmente é alguma igreja “evangélica” (pentecostal). Nos EUA, há várias estórias conhecidas de pessoas que se converteram ao islamismo na cadeia, como o Muhammad Ali, o maior praticante de boxe de todos os tempos, que já era bom, mas ganhou aplicação com a prática religiosa. Chega de exemplos! A conversão ao Cristianismo de alguma denominação é, no Brasil, a maneira mais efetiva de reabilitar os ex-criminosos. Mas não só criminosos. Há diversas pessoas que mudam sua vida ao se converter a alguma igreja ou seção pentecostal (como a Renovação Carismática da Igreja Católica ou a própria igreja Renascer), não importando se os pastores são charlatães ou homens sérios. O verdadeiro Pastor é Jesus Cristo.

O sentido do Pentecostes é anunciado por Jesus Cristo antes, na conversa com Nicodemos: “Em verdade, em verdade te digo, que quem não renascer da água, e do Espírito Santo, não pode entrar no reino de Deus” (João 3:5). É o batismo no Espírito Santo, o batismo no fogo, de que tanto falam os pentecostais. É esse sentido de renascimento que é explorado, do pouco que eu conheço do pessoal pentecostal. E por mais que o pastor (com p minúsculo) queira extorquir o dinheiro do fiel, o Pastor (com P maiúsculo) o auxiliará. Podeis pensar: “não é injusto permitir que os fieis sejam explorados, oferecendo-lhe uma nova chance nos antros de charlatanismo”? Não. A César o que é de César. O encontro do sentido da vida, o guiamento moral, são mais importantes que qualquer quantia de dinheiro. E essa é a segunda coisa: quem busca Jesus Cristo, o encontra.

A terceira coisa: exemplos isolados (mas muito divulgados) de charlatanismo não são o suficiente para invalidar a fé pentecostal. Eu, no máximo, digo que eles estão errados. Menos errados que o agnosticismo total que tomou conta das relações humanas, mas errados. I can’t help it! Sou um católico conservador, fanático, e intolerante, como o Padre Paulo Ricardo, o papa, Luigi Giussani e até o padre Marcelo.

A quarta coisa é a cautela! O mesmo padre Paulo Ricardo, nos alerta para diversos perigos da teologia protestante e do catolicismo progressista. Por exemplo, avisa que o sr. Edir Macedo invoca Satanás nos cultos (“manifeste-se espírito imundo!”). E como ele devem haver outros, e isso é perigoso, inclusive para os fiéis. Mas não podemos confundir Edir Macedo com o pastor Oswaldo, da IBCU.

Mas veja o aspecto de cautela não é o charlatanismo que só afeta os nossos bens, mas a forma de culto que danifica corpo e alma, com estribuchos e invocações de demônios. Nesse tipo de culto, Jesus não encontra espaço, o pastor invoca os demônios e depois os expulsa em Seu nome. E sobre isso, nem a Rede Vida nunca fez reportagem. Talvez a Canção Nova já tenha comentado (aliás, não deixe de dar uma fuçada no site deles: eu me surpreendi positivamente com os temas que eles abordam lá).

Voltando aos pastores presos. Espero que fiquem nos EUA. Lá existe lei. No Brasil, o presidente da OAB (que é seu advogado) poderá tirá-los da cadeia, ou conseguir-lhes punições inertes. Não sei se eles invocam demônios ou apenas roubam os fiéis. O que lhes dá credibilidade perante os fiéis não é a Verdade Cristã, pois se suas bocas a divulgam, seus corações dela estão afastados; antes isso se faz por retórica e programação neuro-lingüística. Isso é crime. Lavar dinheiro também. Portanto eles devem ser punidos. E quem sabe, encontrem a reabilitação se convertendo de verdade ao Cristianismo.

Obrigado por me ler e até mais!

Anúncios

Read Full Post »

Anyone but Chinaglia

Como a maioria deve saber, na próxima semana haverá eleição para a presidência da Câmara dos Deputados. O Presidente da Câmara ganha um poder de tratorar (para quem não souber o que é tratorar, basta perguntar para qualquer membro de movimento estudantil; contudo, o termo é auto-explicativo) certas coisas. Haja visto que o aumento de salários tinha saído da mesa diretora da Câmara e não passaria por votação.

O atual presidente da Câmara é o Aldo Rebelo, que custou 500 milhões de reais (algumas fontes dizem até 2 bi) em emendas do executivo para ser eleito, (fiz uma brincadeira sobre isso aqui: http://lpereira.freehostia.com/blog/2005/09/28/sobre-aldo-rebelo/ ). Só que o Aldo Rebelo não deve ter agradado muito ao projeto “democrático” do PT. Meio bobão, meio nacionalista, comunista old-school, e até um pouquinho decente (pelo menos parece tentar ser), ele não foi tão trator como o PT esperava, tinha certos valores que defendeu, e acabou por não corroborar 100% com o projeto totalitário, digo, democrático em curso. Talvez apenas 95%.

Então, com o Aldo se candidatando à reeleição, o PT lança o Arlindo Chinaglia, coerente com as idéias petistas de transformar o Brasil numa China: com mercado, dinheiro (pros amiguinhos do governo), e sem liberdade alguma, o pior de dois mundos. A desigualdade (natural e inofesiva) do capitalismo potencializada pela opressão comunista, que favorece alguns amiguinhos e aprofunda essa desigualdade. Parece que Rebelo não tem dessas. Comunista ortodoxo, deve socializar até a atenção aos amigos, impossibilitando-o de dar tais benefícios.

Até agora são dois candidatos, um do PT e outro do PCdoB (e a Caros Amigos fazendo capas do tipo “a direitona avança”, e um monte de gente especulando sobre o “poder da direita no Brasil”, “ACM, o dono do Brasil”, etc.). A oposição articula um candidato, e os nomes mais fortes são Erundina e Gabeira, dois ex-petistas e notoriamente esquerdistas. A Erundina é honesta e o Gabeira mais ou menos realista. Mas são ambos de esquerda e não representam os interesses da maioria conservadora. Qualquer um desses dois é melhor que os outros dois. Mas Aldo ainda é melhor que Chinaglia.

O importante é que a contribuição para o projeto de sino-transformação da sociedade será vacilante e movida na mesma torrente que move todo mundo caso seja eleito Aldo ou alguém da oposição (a terceira via que é quase igual às outras duas). Caso o petista Arlindo Chinaglia seja eleito, esse projeto será consciente e direcionado. O executivo e o legislativo dando passos juntos, com a anuência do judiciário, e ausência de oposição. A idéia é, entre a cruz e a espada, escolhemos a cruz. Agonizamos mais tempo, mas podemos rezar por um milagre que nos salve enquanto não morremos.

Nesse quadro, só me resta torcer para que não seja Chinaglia o vencedor. Se assim for, teremos algum tempo a mais de sobrevida, o que é um pingo mínimo de esperança.

(Nota: há pouco tempo disse que faria uma última nota política. Fiz outras desde então. É que não dá para se calar perante certas coisas. Aproveito o tempo que nos resta de liberdade de expressão, porque em breve, parar de escrever sobre política não será uma opção, mas a única garantia de sobrevivência)
Obrigado por me ler e até mais!

Read Full Post »