Feeds:
Posts
Comentários

Archive for junho \22\UTC 2005

Autoridade Moral

Contrato ex-guerrilheiros para ministros da casa civil. Meu partido se pauta pelo aparelhismo, paga R$30 mil por mês para deputados votarem comigo e tem como ídolos promotores de massacres e matanças. Dei uma indenização de R$4 bilhões para assassinos e seqüestradores companheiros de ideologia, dos quais 5% voltou para o meu partido. Eu e meus companheiros somos coniventes com a bandidagem “militante”. Promovo uma longa marcha do partido para dentro do Estado.
Ninguém tem mais autoridade moral do que eu para combater a corrupção
.

Anúncios

Read Full Post »

Por que não sou tão popular quanto os Wunderblogs?

Acho que a coisa que mais existe na internet é blogueiro invejoso. É um grande alvo de inveja é o wunderblogs.com . Para auxiliar as pessoas a sair da inveja fiz uma lista de itens baseada no meu blog, que pode ser aplicada ipsis litteris a vários outros. Lá vai:

1) Sei muito menos coisa que os caras. Eles lêem muito e sobre vários assuntos.

2) Eu definitivamente não sou engraçado. Ruy Goiaba é. Outros wunders também são. Mas eu não.

3) Meus assuntos interessam muito menos que os que eles tratam.

4) Eles escrevem melhor, mais corrido e fácil de ler. Seus parágrafos são mais organizados.

5) Os blogs deles são mais bonitos. E não, a Estética não é relativa.

Tem ainda mais coisa que eu não lembrei. Então, caro blogueiro invejoso que, por um acaso, acabou chegando por aqui. Antes de falar mal dos wunders por pura inveja, pensa um pouquinho o quanto eles são melhores que você. Eu já fiz a minha parte.

Obrigado por me ler, e até mais.

Read Full Post »

Agora entendi.

O Olívio Dutra acaba de afirmar na TV que a corrupção foi o preço pago pelo governo por ter que fazer alianças amplas porque não tinha maioria na câmara.

É uma tática perfeita: coloca toda a culpa nos outros partidos: o PT é idôneo, e só o PT. Se o governo fosse 100% PT, não haveria corrupção, mas, como ele não tem maioria, tem que fazer alianças, e com isso, colocar corruptos no governo.

Eu sinto mentira e totalitarismo nisso. Você não?

Read Full Post »

Absurdo

No jornal da Globo acabaram de dizer que a causa da crise política não é a corrupção, mas a ausência de maioria do governo na câmara. Isso é um absurdo. Amanhã vou me apropriar do dinheiro do CACo porque não tenho maioria por lá. É uma ótima razão…

Read Full Post »

Richardson preferiu o São Paulo ao Palmeiras

Acabei de ouvir isso na CBN. É muito bom ouvir alguém usando a regência correta de preferir, muito bom mesmo. É saber que a língua ainda tem salvação. E isso foi (como dá para perceber) no comentário esportivo!

Até mais, obrigado!

Read Full Post »

FISL 6.0.1

Estou em um stand da Insigne, que é uma empresa brasileira que entrou no programa PC Conectado do governo federal. É um pouco triste ser necessário investimento estatal para isso ir para a frente, mas por outro lado é bom ter empresas investindo e nascendo. De repente, pode ser verdade o que o Miguel de Icaza disse, em respeito ao Linux ainda não estar pronto para Desktops, e por isso o mercado de desktops ainda não foi para o GNU/Linux. Mas não sei.

Tem muito governo por aqui. No dia dos pré-eventos, assisti a um grupo de trabalho sobre inclusão digital (que para mim, é ofício de proctologista) do governo federal (ainda vou falar muito do governo federal, fique tranqüilo), em que se falou muito sobre “políticas públicas”, e teve como ponto pacífico o esquerdismo. É o Estado se metendo cada vez mais na vida do cidadão. Contudo, logo depois, assisti à fundação do “PSL-Empresas” ( http://www.ibpas.org/ ), que parece ser uma boa idéia e, uma das críticas que apareceram por lá foi exatamente: “olha os patrocinadores: governo, governo, governo, governo, governo…”. Selecionei umas pérolas do estatismo no primeiro dia, mas perdi o papel onde as tinha anotado.

No primeiro dia do evento propriamente dito, ontem, teve a abertura do evento, com governo, governo, governo. Chamaram o presidente (que mandou um assessor), o governador do RS (que mandou um acessor), o governador do Paraná, Requião, que veio, e o presidente da Assembléia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul, que mandou um suplente. Não entendi porque não chamaram o Severino e o prefeito de Porto Alegre (talvez por eles não serem do PT, né?).

Antes disso, teve uma palestra de que eu gostei, do Sérgio Amadeu, um cara do ITI, submetido, se não me engano, à casa civil. A palestra, embora tivesse muitos pontos bons, era recheada de “antiempresismo” (não era exatamente um anticapitalismo, mas sempre tentava colocar as empresas como “malvadas”). Depois entrevistamos o cara para o boletim do CACo , e a entrevista até que ficou legal. Assiti também um pedaço de uma palestra chamada “fazendo música com Software Livre”, que foi muito boa também. Teve uma sobre “aspectos econômicos do SL” que, embora interessante, parecia dizer para os investidores que “Software Proprietário é mais lucrativo” (lógico que, na visão dos esquerdistas, ser mais lucrativo é ruim, mas não na dos investidores). Contudo o cara, ao contrário de muitos estudantes de economia da Unicamp, sabia o que era economia neoclássica. A frase dele, a respeito de algo que não lembro, foi “esse é um postulado neoclássico que nem todo mundo concorda” (parecia que ele concordava). Pelo menos também tinha visão de que existe um esquerdismo absurdo.

Finalmente, o melhor do dia, a mesa da Open Source Initiative. Quatro gringos e um brasileiro. Entre os gringos, dois “libertarians”. Eric Raymond e Russell Nelson . Como o evento está começando agora, depois eu falo do evento. Eric Raymond é o primeiro “anarco-capitalista” que eu conheço pessoalmente.

Obrigado por me ler e até mais.

Read Full Post »

FISL 6.0

Devo fazer por aqui relatos sobre a minha experiência no FISL . Cheguei a pouco, e ainda não fui a nenhum painel ou palestra.

Há muitas coisas que prometem ser boas, veja a grade do evento mas também há muito esquerdismo e estatismo. Por exemplo, a maior parte do patrocínio do evento é do governo federal (Serpro, Banco do Brasil, Cobra tecnologia Caixa Econômica Federal, Ministérios da saúde, educação e ciência e tecnologia, Finep), contra poucas empresas privadas.

Depois que assitir a algo, posso comentar mais. Obrigado por me ler e até mais.

Read Full Post »