Feeds:
Posts
Comentários

Archive for maio \03\UTC 2007

Os Patrocinadores do Diogo

O primeiro patrocinador do podcast do Diogo Mainardi foi a Sul América Seguros. Eles perderam clientes. Alguns socialistas de botique, que se protegem do monstro que criaram através de apólices da Sul América, cancelaram seus contratos porque a empresa patrocinava o “reacionário” Diogo Mainardi. Diogo perdeu o patrocínio.

Poderiam ter ganhado clientes. Havia uma pequena chamada antes da fala, e um comercial um pouco maior. Bastava no começo colocar a seguinte chamada:

“Ao contrário do Diogo Mainardi, você mora no Brasil. É melhor ter um seguro Sul América!”. E no final:

“O Brasil tem o maior índice de homicídios per capita do mundo, há diversos roubos de carros, assaltos de casa, balas perdidas, o atendimento médico é o SUS. Para aliviar tudo isso, é melhor você ter seguros Sul América”. Pronto! Convencer-se-iam diversas pessoas da necessidade de contratar os seguros da empresa patrocinante, ainda mais ouvindo o que acabaram de ouvir.

Depois de um tempo sem patrocínios, o podcast do Diogo Mainardi agora é patrocinado pela Delta Air Lines. É um negócio arriscado para eles, já que os esquerdistas são uma grande parcela de seus clientes: vão para Miami fugir dos impostos brasileiros; para Las Vegas, lavar o dinheiro da corrupção petista; para Nova Iorque, sorver o falo de Bill Clinton (outrora mania nacional nos EUA, depois do episódio Monica Lewinski, agora só faz sucesso entre os brasileiros) e o (provavelmente maior) de Barrack Obama (a Pensilvânia é ali do lado) e, se quiser posar de “macho” (principalmente se for uma deputada petista), dar tapinhas na cacopígia Hillary Clinton. Ainda, se desejarem inebriar-se de vinhos e esquerdismos franceses, poderão comprar um vôo da Delta também, que além de ter tarifas competitivas com as companhias européias, ainda dá uma escala nos EUA, onde podem aproveitar os melhores free shoppings do mundo.

Mas a Delta pode ganhar clientes (assim como a Sul América podia) com o Diogo. Basta fazer a seguinte chamada:

“Depois de ouvir o Diogo ficou com vontade de sair do Brasil? Saia com classe! Saia de Delta Air Lines!”.

***

Conversando com o meu tio, que usara uma mesóclise em sua conversa no MSN Messenger, ele me disse que provavelmente a mesóclise cairia em desuso e seria abolida. Ao que eu respondi: “Não enquanto eu viver, até o dia da minha morte usá-la-ei.”. Ou ainda, consoante Edu Levy, “far-se-á mesóclise, mesmo que se peça próclise. Mandá-la-ei tomar na ênclise”.

Anúncios

Read Full Post »